CONTRASTE NO NORDESTE

Se há uma região do Brasil que é o retrato literal da beleza de um país tropical, esta região é o nordeste. Ilhas, penínsulas e manguezais se unem, formando um cenário que parece ter sido pintado à mão. A pluralidade cultural e a hospitalidade de seu povo fazem da região uma das mais visitadas por turistas de todo o mundo.  E é nesta conjuntura que a Contraste se faz presente, com obras se integrando à paisagem natural, fazendo com que os olhos enxerguem uma nova perspectiva e se encantem mais uma vez. 

Recife é uma das cidades fotografadas e foi, inclusive, o local escolhido para o lançamento da Contraste. As imagens são do fotógrafo Daniel Soutinho. 

                Também no nordeste, Rio Grande do Norte cedeu espaços entre suas paisagens para que a arte fizesse parte de uma mistura precisa, envolvendo concreto, mar, nuances e tons.

Quem não conhece Natal não imagina o que essa pequena grande cidade representa em beleza e particularidade. Escondidos atrás de suas dunas, monumentos, parques, museus e algumas das praias mais belas do país esperam de forma serena aqueles que estão prontos para desvendar novos horizontes. 

Em Natal as fotos são de Ubarana Júnior e Cícero Oliveira. 

“A arte no Brasil ainda tem esta característica de ser uma coisa da elite, então esta iniciativa da Moldura Minuto foi espetacular! Dentro da realidade do país, é muito importante trabalhar a ideia de que ela (a arte) deve estar no alcance de todos. E é justamente isso que a Contraste vem para mostrar: é possível produzir uma arte mais acessível!”, diz Ubarana.

O pescador depois de um dia de trabalho, se depara com o improvável, o quadro exposto ao alcance de seu olhar e de suas mãos. O barco de um novo ângulo.

São os novos horizontes, transformados de uma forma que só a arte é capaz de fazer. 


Loading...

Carregando...